Comunicação adequada favorece que crianças se alimentem bem

Publicado em por
funiber-criancas-alimentos

Segundo um estudo publicado recentemente na revista  ‘Journal of Nutrition Education and Behavior’, crianças comem melhor se informamos sobre os benefícios dos alimentos saudáveis

Diz o ditado popular que “água mole, pedra dura, tanto bate até que fura”. Desta maneira, insistindo, podemos encontrar a maneira mais eficaz para conseguir que as crianças comam alimentos saudáveis.

Além disso, ressaltar os benefícios dos alimentos como, por exemplo, dizendo que se come verdura vai crescer rápido e ficar forte, ajuda os mais pequenos a manter um hábito alimentar adequado.

Podem parecer conselhos muito genéricos, mas segundo um estudo publicado no ‘Journal of Nutrition Education and Behavior’, esta prática funciona. O estudo foi realizado por pesquisadores  Universidade de Washington e da Universidade da Flórida (EEUU) com 87 crianças, entre três a cinco anos de idade, durante seis semanas.

A estas crianças, foram oferecidos alimentos saudáveis. Os pesquisadores mediram quanto comiam as crianças, comparando a alimentação antes do experimento e até um mês depois de terminado o estudo.

Os alimentos que foram acompanhados de palavras positivas tiveram mais presença nas escolhas das crianças, em comparação com a comida sem o incentivo. Os resultados mostraram que as crianças comeram duas vezes mais os alimentos saudáveis após saber sobre os benefícios para eles.

A autora principal do estudo, Jane Lanigan, pesquisadora do Departamento de Desenvolvimento Humano da Universidade de Washington, afirmou que “cada criança quer crescer mais rápido, pular mais alto. O uso deste tipo de frases fez com que a comida fosse mais atrativa para comer”.

A FUNIBER patrocina o Mestrado Internacional em Nutrição e Dietética para interessados em ampliar os conhecimentos no campo da alimentação e da nutrição.

Fonte: Comunicar a los niños los beneficios de los alimentos hace que coman más sano

Estudo: Child-Centered Nutrition Phrases Plus Repeated Exposure Increase Preschoolers’ Consumption of Healthful Foods, but Not Liking or Willingness to Try

Foto: Todos os direitos reservados