Publicado em por
Os mecanismos por trás da relação entre a enxaqueca e a obesidade
Saúde e Nutrição | , , , , , , , , , , , , , , ,

Os mecanismos por trás da relação entre a enxaqueca e a obesidade

Sabe-se que a obesidade pode aumentar em até 27% o risco de sofrer enxaqueca. Mas quais são os mecanismos fisiopatológicos que explicam esta relação? Pesquisadores espanhóis começam um estudo que espera elucidar este vínculo

A enxaqueca em alguns casos está associada à obesidade. De acordo com um estudo que está sendo desenvolvido por pesquisadores da Universidade de Navarra, o vínculo poderia ser relacionado com as citosinas proinflamatórias que colaboram para o aumento da enxaqueca. Continuar lendo

Publicado em por
conselhos de uso de redes sociais para organizações de saúde
Empresas, Direção e RH, Saúde e Nutrição | , , , , , , , , , , , , , ,

Conselhos de uso das Redes Sociais para organizações de saúde

O uso das redes sociais no setor da saúde deve ter objetivos específicos estabelecidos, vocabulário moderado, prudência e cuidado

Em uma publicação anterior, mencionou-se o impacto das redes sociais na relação médico-paciente e nesta ocasião, a informação é ampliada para fornecer recomendações sobre o uso das redes sociais nos profissionais e organizações de saúde. Continuar lendo

Publicado em por
Suplementos nutricionais podem conter substâncias dopantes
Esportes, Saúde e Nutrição | , , , , , , , , , , , , , , , ,

Suplementos nutricionais podem conter substâncias dopantes

Estudo analisa mais de 440 artigos sobre suplementos, publicados entre os anos 2000 e 2017, e constata que em alguns produtos há presença de substâncias dopantes não-etiquetadas que podem ser prejudiciais à saúde

O consumo de suplementos nutricionais está em crescimento tanto em esportistas como na população em geral. Porém, o uso inadequado pode provocar graves danos à saúde e até mesmo, a morte. Um estudo realizado na Espanha mostra dados preocupantes sobre estes produtos: muitos contêm substâncias consideradas dopantes que não estão devidamente etiquetadas. Continuar lendo

Publicado em por
Dia Mundial do Parkinson: o que mais dói nesta doença
Gerontologia, Saúde e Nutrição | , , , , , , , , , , , , , ,

Dia Mundial do Parkinson: o que mais dói nesta doença

Uma pessoa com Parkinson pode sofrer uma série de sintomas que dificultam a vida normal. Para superar os desafios impostos pela doença, o apoio social é essencial. No Dia Mundial do Parkinson, aproveitamos a oportunidade para promover um debate que, ao mesmo tempo, gera conscientização: o que mais dói nesses pacientes e que ações podem ser tomadas nesse sentido. Participe!

Um dos representantes mais conhecidos da pesquisa sobre a cura do mal de Parkinson é o ator Michael J. Fox, que foi diagnosticado com a doença em 1991 e levou 7 anos para aceitá-la e anunciar publicamente seu estado. Em entrevista ao programa Fresh Air, de NPR, ele disse que em suas entrevistas sempre vai muito medicado para evitar que sejam vistos “os mais puros sintomas” da doença. Continuar lendo