Probióticos poderiam diminuir mal-estar gastrointestinal nas maratonas

Publicado em por
Probióticos poderiam diminuir mal-estar gastrointestinal nas maratonas

Estudo realizado no Reino Unido observa efeitos positivos da ingestão de suplementos de probióticos entre maratonistas durante a corrida

Entre os maratonistas, é comum escutar reclamações sobre problemas gastrointestinais durante a corrida. Azia, cólica abdominal, náuseas, diarreia, flatulência e urgência para evacuar são alguns dos sintomas mais comuns.

Estes incômodos podem ter causas variadas, e dependem da condição de cada esportista. O certo é que podem afetar o rendimento na corrida, e inclusive, fazer com que desistam de seguir na maratona.

Para evitar estes transtornos, uma possibilidade é melhorar a capacidade gastrointestinal. Um grupo de pesquisadores no Reino Unido buscou conhecer os efeitos de suplementos probióticos sobre estes sintomas durante uma maratona.

No estudo, os pesquisadores avaliaram 24 atletas divididos em dois grupos: um que recebeu suplementos com probióticos e outro que recebeu placebo. Todos seguiram este protocolo durante 28 dias antes de correr a maratona.

O suplemento de probiótico estava formado por três bactérias Lactobacillus acidophilus,  Bifidobacterium bifidum e Bifidobacterium animalis subs p. Lactis. Após o registro de sintomas gastrointestinais durante o período de suplementação e na corrida, os pesquisadores observaram que nas semanas 3 e 4, os transtornos gastrointestinais foram menores em relação às duas primeiras semanas no grupo que ingeriu o suplemento.

No caso do grupo que consumiu placebo, não foram registradas mudanças ao longo do mês.

Em comparação, durante a corrida, os problemas gastrointestinais foram menos severos no grupo que consumiu o probiótico, melhorando as velocidades média durante a corrida. Entretanto, não houve diferenças nos tempos finais entre os dois grupos.

Os pesquisadores concluem que os suplementos probióticos do experimento foram positivos para diminuir os problemas gastrointestinais, e o grau de severidade, entre os corredores de maratonas. Apesar do estudo não investigar os mecanismos no corpo, a observação dos impactos sobre os maratonistas indicam que os probióticos podem ter um papel importante para evitar o mal-estar que em alguns casos impedem os corredores de seguir competindo.

Para ampliar os conhecimentos sobre o papel da nutrição para o estado de saúde do atleta, e como pode contribuir para garantir uma boa preparação, recuperação e competição, o Mestrado em Nutrição, Atividade Física e Esporte, patrocinado pela FUNIBER, oferece um programa acadêmico de alto nível que reúne estudos sobre atividade física e nutrição para a promoção da saúde e para o rendimento.

Fonte:  La suplementación con probióticos reduce los síntomas gastrointestinales durante la maratón

Estudo: Four weeks of probiotic supplementation reduces GI symptoms during a marathon race

Foto: Todos os direitos reservados