Milhares de peixes mortos no Paraguai

Publicado em por
Milhares de peixes mortos no Paraguai

Governo paraguaio, através da Secretaria do Meio Ambiente, investiga as causas da mortandade. As indústrias locais são as principais suspeitas

No Paraguai, a Secretaria do Meio Ambiente está analisando os motivos detrás da elevada quantidade de peixes mortos no rio “Confuso”, próximo à capital Assunção. Foram vistos entre 5 mil e 10 mil peixes mortos, de pequeno e médio porte, na segunda semana de outubro deste ano.

A principal suspeita é que os peixes morreram devido ao excesso de resíduos industriais da zona, vertidos ilegalmente no rio. Na região, há indústrias produtoras de alimentos de ração canina e granjas. Dario Mandelburger, diretor de Proteção e Conservação da Secretaria do Meio Ambiente afirmou para o jornal El País: “Não podemos acusar sem ter provas, mas todas estão sob a lupa”.

O rio Confuso tem aproximadamente 150 quilômetros de recorrido, e não é navegável. Por sorte, não há moradias próximas ao rio que se encontra num bosque seco, cercado de zonas semiáridas e úmidas. A região se encontra numa Reserva da Biosfera, declarada pela UNESCO, por sua importância mundial para a mitigação dos efeitos da mudança climática.

Os técnicos da secretaria de Meio Ambiente estão analisando as mostras para averiguar as causas e encontrar os responsáveis. Enquanto isso, os moradores locais estão em estado de alerta sobre as águas do rio e à espera de saber o que os motivos da mortandade.

Mandelburger afirmou que sempre há problemas com parte das indústrias locais em relação aos despojamentos de resíduos. “Mas nós sempre buscamos que se cumpram (as normas). Apesar de haver acatamento, nem sempre cumprem. Digamos que há um 90% de cumprimento”, afirmou.

Com o Mestrado em Gestão e Auditorias Ambientais, programa patrocinado pela FUNIBER, os profissionais poderão se capacitar para atuar dentro e fora da empresa, seguindo o princípio da sustentabilidade dos recursos naturais.

Fontes: Investigan sorpresiva y elevada mortandad de peces en Paraguay

Miles de peces muertos en un río de Paraguay

Foto: Creative Commons por Pixabay