Publicado em por
Os insetos desaparecem. Quais as consequências?
Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Os insetos desaparecem. Quais as consequências?

Estudos mostram que há cada vez menos insetos. A desaparição deles pode afetar a agricultura, a ciência e todo o equilíbrio do ecossistema

Quando passeamos pelo campo já não vemos tantos grilos, gafanhotos, vagalumes e cigarras como antes víamos. Mais do que nostalgia, é uma realidade que está relacionada com as mudanças dos ecossistemas, e com a desaparição de muitos insetos. Continuar lendo

Publicado em por
Mudança climática é grande preocupação global, aponta estudo
Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , , , ,

Mudança climática é grande preocupação global, aponta estudo

Pesquisa em 38 países mostra que a mudança climática é principal preocupação para 61% das pessoas

Cada país tem a sua lista de assuntos emergenciais. Mas será que a humanidade conseguiria definir em comum quais são as principais preocupações? De acordo com uma pesquisa realizada pelo Pew Research Center, publicada recentemente, o terrorismo islamista e a mudança climática são as duas principais preocupações mundiais. Continuar lendo

Publicado em por
O espantoso furacão Irma
Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

O espantoso furacão Irma que ameaça as ilhas do Atlântico

O furacão Irma, que atinge o Caribe, já está no livro dos recordes. Saiba quais são os fatores que propiciaram a intensidade desta tormenta

Com ventos de até 298 Km por hora, e com uma extensão equivalente ao território da França, o furacão Irma pode ser o segundo mais potente da história da região. Sua força foi medida inclusive por sismógrafos que, geralmente, medem movimentos sísmicos. Continuar lendo

Publicado em por
Calor na Europa é resultado das mudanças climáticas, apontam especialistas
Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , , ,

Calor na Europa é resultado das mudanças climáticas, apontam especialistas

Pesquisadores vinculados ao World Weather Attribution divulgam relatório que mostra influências das mudanças climáticas para as ondas de calor na Europa

Os meses de verão na Europa foram mais intensos neste ano, atingindo temperaturas excessivamente altas no lado ocidental do continente. Em Portugal, o calor contribuiu para fortes incêndios florestais que causaram a morte de ao menos 64 pessoas. Na Inglaterra, um dia de junho foi o mais caloroso desde uma onda de calor de 1976. Continuar lendo