Recursos Humanos e a contratação de Millennials

Publicado em por
Recursos Humanos e a contratação de Millennials

Inovar a partir do primeiro contato com os millennials é uma estratégia que estão implantando algumas áreas dos Recursos Humanos

Considerando que para o ano de 2020, 46% dos trabalhadores, em termos mundiais, serão millennials, é importante conhecer quais são as principais características que eles avaliam quando decidem optar por uma oferta de trabalho.

Nesse sentido, o portal Marketing direto oferece algumas considerações a levar em conta quando uma empresa deseja atrair este perfil que não acredita nos postos de trabalho eternos e avalia as empresas honestas, coerentes e comprometidas com o seu ambiente.

Cultura organizacional

As empresas com valores e cultura organizacional são mais atrativas para um millennial, porque estão principalmente focadas nas pessoas, um ponto muito positivo para a geração do milênio já que eles dão maior importância ao seu crescimento pessoal, assim como à cultura do reconhecimento.

Segundo um estudo da consultoria Deloitte, uma das prioridades dos millennials na hora de escolher emprego, é que não interfira em sua vida pessoal. Por isso, embora as empresas não contem com grandes orçamentos para investir em salas de jogos ou descanso, podem utilizar a criatividade para oferecer incentivos. Desta maneira, os jovens comprometem-se com os objetivos e sentem-se valorizados.

Para os millennials, a comunicação é fundamental, permite que eles se sintam integrados e a par do que ocorre na empresa. Um líder deveria dialogar, resolver dúvidas e ajudá-los para que se sintam parte do projeto.

Adaptar processos de seleção

Embora os millennials apostem mais pelos trabalhos a curto prazo ou por projetos, as áreas de Recursos Humanos devem criar novas estratégias que lhes permitam atrair este talento.

Por isso, Grass Roots, organização pioneira em fidelização de clientes e empregados, tomou a iniciativa criando um programa que promove a aproximação dos millennials ao mundo profissional.

Por meio do “Happy New Generation” busca-se talento entre os millennials com a premissa de inovar a interação com eles, desde o início. A proposta está baseada em promover uma experiência e não uma entrevista clássica. Desta maneira, um primeiro impacto positivo é gerado e a empresa e o candidato criam uma experiência que permite conhecer os valores e avaliar as habilidades brandas do candidato.

Os profissionais da área de Empresas cursam Mestrados, patrocinados pela FUNIBER, que lhes permitem a especialização em temas de Recursos Humanos.

Fonte: Si quiere millennials en su plantilla, más le vale a su empresa que cumpla con estos 8 requisitos

Foto: Todos os direitos reservados