Publicado em por
Atividade física pode proteger o cérebro dos pacientes com Alzheimer
Gerontologia | , , , , , , , , , , , , , , , ,

Atividade física pode proteger o cérebro dos pacientes com Alzheimer

Um estudo canadense revela que realizar atividade física regularmente protege o cérebro dos pacientes com Alzheimer

Um estudo da Universidade de British Columbia, em Okanagan (Canadá), afirma que realizar exercício físico regularmente pode ser benéfico para o cérebro dos pacientes com Alzheimer, ajudando a controlar a doença para ser capazes de melhorar seu rendimento em seus trabalhos cotidianos. Continuar lendo

Publicado em por
Caminhada de 10 minutos por dia poderia combater os efeitos do sedentarismo
Esportes | , , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Com 10 minutos de caminhada por dia, mulheres idosas podem combater sedentarismo

Estudo realizado por pesquisadores na Suécia mostra que uma caminhada diária de 10 minutos teria efeitos positivos para a saúde das mulheres idosas

Para a terceira idade, uma caminhada diária de 10 minutos já poderia representar uma melhora na vida dos idosos. A recomendação é oferecida por pesquisadores da Universidade de Örebro, na Suécia, após analisar a saúde e o estilo de vida de 120 mulheres com mais de 65 anos, que nunca haviam sido diagnosticadas com diabetes ou doenças do coração. Continuar lendo

Publicado em por
FUNIBER Brasil participa do Dia do Desafio
Esportes | , , , , , , , , , , , , ,

FUNIBER Brasil participa do TAFISA WORLD CHALLENGE DAY

Ontem, dia 31 de maio, a FUNIBER participou do evento internacional Dia do Desafio que incentiva a população a praticar atividades físicas e manter estilo de vida saudável

Neste ano, a competição internacional “Dia do Desafio” (TAFISA WORLD CHALLENGE DAY) foi à cidade de Florianópolis, no Brasil, com o lema “Você se mexe e o mundo mexe junto” para engajar a população na prática de atividade física. A FUNIBER se somou ao evento, mobilizando outros colaboradores. Continuar lendo

Publicado em por
O impacto negativo da obesidade nas crianças
Esportes, Saúde e Nutrição | , , , , , , , , , , , , , ,

A obesidade na infância pode provocar depressão, aponta estudo

Um estudo realizado por pesquisadores holandeses mostra que as crianças com excesso de peso apresentam um risco até quatro vezes maior de sofrer depressão em algum momento de suas vidas

O excesso de peso pode representar diversos problemas para a saúde, mas na infância a obesidade pode representar maiores problemas. Além de estar associada aos riscos de sofrer doenças como o câncer ou cardiovasculares e metabólicas, as crianças obesas apresentam maiores chances de desenvolverem transtornos psicológicos. Continuar lendo