Importância de sistemas de saúde para o envelhecimento

Publicado em por
funiber-sistema-saude

A qualidade dos sistemas de saúde e sua gestão em matéria de segurança nos países, são determinantes para atender ás necessidades e doenças que produz o processo de envelhecimento

Segundo um estudo do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), sobre o panorama de envelhecimento e dependência na América Latina e o Caribe, a mudança demográfica envolve uma queda do número de pessoas em idade de trabalhar por cada idoso, exercendo pressões sobre os sistemas de segurança social que se apoiam no princípio de solidariedade intergeracional.

O seguinte quadro, extraído do estudo, indica as porcentagens das doenças segundo a idade das pessoas na América Latina e o Caribe do ano 2016. Pode-se observar que as doenças cardiovasculares afetam em 22% os idosos de 60 anos, em 26% a idosos de 70 anos e em 28,8% a idosos de 80 anos. Seguido por doenças crônicas que a porcentagem oscila entre 17,3% e 22%.

Do mesmo modo, o estudo indica que alternativamente, a mudança demográfica pode ser devida aos avanços médicos e da cobertura dos sistemas de saúde das últimas décadas. Inclusive, as qualidades dos sistemas podem aumentar a probabilidade de um diagnóstico cedo sobre as doenças que mais afetam à população idosa.

Por outro lado, segundo um artigo publicado no portal de Serviço de Informação e Notícias Científicas (SINC), a mudança na estrutura de idades –não só o aumento da população idosa– gera importantes desafios nas sociedades, alguns dos quais estão diretamente relacionados com a saúde e o desempenho dos serviços de saúde.

Um dos principais argumentos indica que o aumento da população idosa de 65 anos envolve um aumento na carga de doenças como por exemplo a deficiência. Portanto, gera uma enorme pressão assistencial sobre os sistemas de saúde atuais.

Em síntese, o doutor em Sociologia Unai Martín Roncero, professor da Universidade do País Basco e membro do Grupo de Pesquisa em Determinantes Sociais da Saúde e Mudança Demográfica, conclui no artigo que o aumento das doenças crônicas, fruto da mudança no padrão epidemiológico, está obrigando aos sistemas de saúde a profundas transformações em sua gestão.

Para os interessados, o Mestrado em Direção Estratégica de Organizações de Saúde proporcionado pela FUNIBER está destinada a profissionais do setor que procuram desenvolver-se em áreas administrativas, de gestão e direção de qualquer estabelecimento de saúde, seja público ou privado.

Fonte: Envejecimiento: la falsa amenaza para el sistema sanitario

Estudo: Panorama de envejecimiento y dependencia en América Latina y el Caribe (BID)

Foto: Todos os direitos reservados