Publicado em por
Nos EUA, diminui o número de pessoas com excesso de peso que tenta emagrecer
Esportes | , , , , , , , , , , , , , ,

Nos EUA, pessoas com excesso de peso deixam de tentar emagrecer

Um estudo realizado nos Estados Unidos parece indicar que nos últimos anos, os norte-americanos deixaram de tentar reduzir o peso

Publicado na revista “Journal of the American Medical Association” (JAMA), o estudo revela que nos últimos 30 anos a proporção de adultos com sobrepeso e obesidade nos Estados Unidos aumentou de 53% para 66%, enquanto que aqueles que demonstraram interesse em diminuir o excesso de quilos baixou de 56% para 49%, nos mesmos anos. Continuar lendo

Publicado em por
Especialistas se preocupam por excesso de arsênio na comida
Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , ,

Especialistas se preocupam por excesso de arsênio na comida

O arroz é um dos grandes afetados pela contaminação de arsênio que pode provocar sérios danos à saúde

A presença de arsênio de forma inorgânica na natureza é considerada tóxica devido aos danos causados para a saúde ao longo dos anos, sendo considerado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) como uma das dez substâncias químicas mais preocupantes. A mineração e o uso de pesticidas com arsênio são grandes responsáveis por elevar a presença deste mineral no meio ambiente e contaminar vários alimentos como as frutas, as verduras e os cereais. Continuar lendo

Publicado em por
As fraturas por osteoporose entre homens e mulheres
Esportes, Saúde e Nutrição | , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Nos EUA, fraturas por osteoporose podem ser mais letais entre os homens

As mulheres sofrem mais fraturas por causa da osteoporose, mas entre os homens, estas lesões têm mais risco de mortalidade, aponta estudo

A osteoporose é uma doença na qual os ossos se enfraquecem. De acordo com um estudo realizado na Universidade de Califórnia, nos Estados Unidos, os homens têm maior probabilidade, em relação às mulheres, de morrer após uma fratura ocasionada em função da osteoporose. Continuar lendo

Publicado em por
Atividade física moderada e alta é melhor que sedentarismo
Esportes | , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Para prevenir doenças, melhor fazer atividade física do que assistir à televisão

Estudo feito na Espanha mostra que uma hora de atividade física moderada e alta previne os riscos de doenças cardiometabólicas, em comparação a uma hora de sedentarismo

Dedicar mais tempo a atividades de alta intensidade física será melhor para a sua saúde do que assistir à televisão. Estas são as conclusões de um estudo realizado por pesquisadores na Espanha que concluíram que o sedentarismo está associado a fatores de risco de doenças como são a obesidade e a diabete, entre outros. Continuar lendo