Índia abre seu primeiro hospital para elefantes

Publicado em por
Índia abre seu primeiro hospital para elefantes

É uma área com espaço suficiente para que esses paquidermes andem livremente. O centro também tem uma dezena de especialistas que alimentam, tomam banho e curam as feridas desses animais

Em 16 de novembro, o primeiro hospital de elefantes na Índia foi inaugurado. Localizado na cidade sagrada de Mathura, no norte do país, o objetivo deste santuário é cuidar dos elefantes e proporcionar-lhes uma vida decente.

No momento, já existem 23 elefantes que vivem neste hospital gerenciados pela organização ambientalista Wildlife SOS. Um grupo de especialistas, incluindo veterinários, trabalha no complexo e cura feridas, dá banho, oferece carinho e alimenta esses paquidermes diariamente, neste caso, com uma dieta baseada principalmente em frutas e cana-de-açúcar.

Desde a Wildlife SOS explicam que a maioria dos elefantes que vivem no hospital foram resgatados do cativeiro ao qual foram submetidos. Muitas dessas criaturas são forçadas a trabalhar carregando materiais pesados, fazendo atividades para o setor de turismo ou oferecendo shows no circo. Por outro lado, esses mamíferos também são frequentemente forçados a permanecer por horas na entrada dos templos, com o objetivo de impressionar a todos que vêm e receber algumas moedas de bênção.

“A cada resgate de elefantes em cativeiro vemos imagens angustiantes e deprimentes: seus corpos estão enfraquecidos por uma nutrição inadequada, seus pés delicados são atormentados por ferimentos, são socialmente isolados e psicologicamente traumatizados”, explica a organização que cuida desses paquidermes no hospital na Índia.

O novo recinto tem um grande espaço para os elefantes andarem livremente. O hospital possui equipamentos diferentes disponíveis, como um para radiografia digital e outro para terapias a laser. Além disso, possui uma ambulância para transportar esses animais.

De acordo com os cálculos da Wildlife SOS, na Índia existem aproximadamente 3.500 elefantes que vivem em cativeiro. Por outro lado, existem 27.700 mais que estão em estado selvagem em cerca de trinta reservas localizadas, especialmente no sul e noroeste do país.

FUNIBER patrocina mestrados e doutorados na área ambiental, com um enfoque na gestão de empresas e projetos sustentáveis.

Fonte: India abre su primer hospital para sus venerados elefantes

Foto: Todos os direitos reservados