Publicado em por
Relações sociais em centros residenciais
Gerontologia

Relações sociais em centros residenciais

Um estudo determinou que as atitudes para a sexualidade e o bem-estar psicológico dos idosos estão moduladas pelo tipo de residência, o estado civil e o grau de autonomia

O estudo, realizado pelo docente Vicente Morell, e pesquisadores Roberta Ceccato, Isabel Chaves, María Dolores Gil da Universidade da Valência, e Juan Enrique Nebot, candidato a doutorado da Universitat Jaume I, indicam que fatores como o bem-estar psicológico e a sexualidade influenciam no processo de envelhecimento ativo e saudável dos idosos. Continuar lendo

Publicado em por
Direitos dos idosos são respeitados?
Gerontologia

Os direitos dos idosos são respeitados?

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), aproximadamente uma de cada 10 idosos sofreu maus entendimentos em seu ambiente familiar ou institucional. Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, aproveitamos para promover um debate que de uma vez gere uma conscientização: quais são os direitos humanos mais vulnerados em torno dos adultos. Participe!

Professores e alunos do Mestrado em Gerontologia, que a FUNIBER promove, se unem ao manifesto elaborado pelo Grupo de Trabalho de Psicologia do Envelhecimento do Colégio de Psicologia da Catalunia – COPC, no marco do Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa, que se celebra hoje, dia 15 de junho. Continuar lendo

Publicado em por
Casas inteligentes para idosos
Gerontologia, Tecnologias TIC

Casas inteligentes para idosos

A proposta da Santa Casa da Misericórdia de Porto e da Fundação Vodafone em Portugal é construção de casas inteligentes para promover o bem-estar e a qualidade de vida dos idosos, promovendo a transformação digital nos países

Segundo a Associação Americana de Pessoas Aposentadas (AAPA), 90% dos idosos preferem permanecer em seus próprios lares enquanto envelhecem. Mesmo quando começam a exigir assistência diária ou cuidados contínuos durante seu retiro, 82% preferem ficar em suas casas. Continuar lendo

Publicado em por
Técnica de compor imagens com palavras ajuda a reter novo vocabulário
Gerontologia

Expectativa de vida no continente americano aumenta para 75 anos

Segundo o novo relatório Saúde nas Américas +2017 da OPS e OMS, há melhorias na saúde dos cidadãos do continente como a expectativa de vida, embora aponte desafios relacionadas com doenças emergentes e não transmissíveis

O relatório indica que as doenças emergentes e não transmissíveis como as cardiovasculares, respiratórias crônicas, o câncer e a diabetes, são causas de quatro de cada cinco mortes anuais no continente americano. Por exemplo, 1,3 milhões de pessoas morreram de câncer em 2012, 45%, delas menores de 70 anos. Continuar lendo