Seis chaves para dirigir um projeto

Publicado em por
Seis chaves para dirigir um projeto

Os responsáveis por um projeto devem saber motivar a equipe, prever os contratempos e determinar os objetivos que devem se alcançar no processo

Dirigir um projeto não é fácil, sendo necessárias uma série de habilidades e competências para saber enfrentar aos desafios e alcançar os objetivos no prazo estabelecido.

O Mestrado em Desenho, Gestão e Direção de Projetos, promovido pela FUNIBER, permite formar especialistas que saibam, precisamente, como gerir uma equipe de trabalho. Por meio deste programa, ensina-se a desenhar um projeto, a geri-lo em todo seu amplo processo e, sobretudo, a dirigir todos os esforços individuais e coletivos para um fim específico.

No geral, uma das principais habilidades que o responsável por um projeto deve ter é a de saber solucionar problemas. De acordo com o portal Líder de proyecto, é muito importante analisar todas as pendências e identificar todos os riscos que podem ser gerados com o início de um projeto. Desta forma, todos os obstáculos poderão ser superados com maior rapidez. Quanto mais problemas forem identificados, melhor.

A seguir, são expostos seis aspectos que o diretor de um projeto deveria considerar:

  1. Planejar a jornada laboral. Diariamente, ao entrar, é importante dedicar dez minutos para planejar as tarefas que devem ser feitas. Se fizer por escrito, melhor, pois será mais fácil de lembra-las.
  2. Criar metas para cada membro da equipe. Quando se planeja um projeto, as tarefas que cada membro da equipe fará ao longo do projeto devem ser detalhadas. Desta forma, pode-se fazer um melhor acompanhamento. O portal Líder de proyecto também recomenda fazer um reconhecimento destas metas quando cumpridas.
  3. Planejar objetivos de forma frequente. A melhor forma de manter o ritmo de trabalho é relacionar os eventos. Se os objetivos são apenas estabelecidos a longo prazo, não é possível detectar atrasos ou problemas antes que seja tarde demais.
  4. Ter em mente a perspectiva do negócio. Não se focar apenas na gestão do projeto, mas também pensar no retorno do investimento que se gerará quando finalizado o trabalho.
  5. Ter um plano B. Dirigir não significa conhecer tudo, igual que pedir ajuda não é uma debilidade. O portal Líder de proyecto recomenda ter sempre preparada uma alternativa que permita corrigir o curso de um projeto no momento em esteja se desviando.
  6. Dizer o que se precisa, não como fazê-lo. É melhor dizer às pessoas o que precisa ser alcançado, dando-lhes um rumo, não instruções precisas. Desta forma, cada membro da equipe contribuirá com mais iniciativa e inovação ao projeto e terá uma atitude mais positiva.

Por fim, não é apenas importante delimitar bem os pontos de um projeto, mas prever os possíveis contratempos e manter a equipe motivada para fazer com que o trabalho alcance seu sucesso.

Fontes:

Tips para líderes, gerentes y directores de proyectos

Foto: Todos os direitos reservados