Publicado em por
Certificado de sustentabilidade indica melhores pescas para o meio ambiente
Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Certificado de sustentabilidade indica pescas mais ecológicas

Em todo o mundo, o certificado dado pela Marine Stewardship Council (MSC) permite um maior controle da pesca ecológica e a sobrevivência dos cardumes

A Islândia é o país que mais respeita a pesca marítima, mostram relatórios recentes. Na região norte do Pacífico, 83% da pesca está certificada como prática sustentável. Segundo a página web da WWF, “os cardumes do Báltico e do Atlântico Norte estão fortemente explorados, enquanto que os da Islândia estão melhor administrados e conservados, pelo que se recomenda o consumo destes frente aos primeiros”. Continuar lendo

Publicado em por
Campanha contra o uso de canudinhos nas bebidas
Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Cresce campanha contra o uso de canudinhos de plástico

Uma campanha viral nas redes sociais declara a guerra contra os canudinhos de plástico. O utensílio representa um 4% do lixo plástico em todo o mundo

Os pequenos e simpáticos canudinhos que alguns bares, restaurantes e festas usam nos copos de sucos, refrigerantes e coquetéis podem ser muito danosos ao meio ambiente. Geralmente, o utensílio de plástico não é biodegradável e tem uma vida útil muito curta. Esse pequeno uso pode, entretanto, representar centos de anos como resíduo para o meio ambiente. Continuar lendo

Publicado em por
Bogotá aposta na sociabilização nos espaços públicos
Projetos | , , , , , , , , , , , , , , , , ,

Bogotá aposta na sociabilização nos espaços públicos

Com o apoio da ex-comissária de transporte de Nova Iorque,  Janett Sadik-Khan, a capital colombiana leva adiante o programa Praças de Bogotá para recuperar o espaço público

Por meio dos escritórios da Prefeitura de Bogotá e da Secretaria Distrital de Mobilidade foram elaborados o programa Praças de Bogotá que busca recuperar os espaços públicos como praças e parques diante da necessidade da mesma população dos locais de encontro e de entretenimento. Continuar lendo

Publicado em por
31 anos após o acidente em Chernobyl
Meio Ambiente | , , , , , , , , , , , , , , ,

31 anos após o acidente nuclear em Chernobyl

A trágedia de Chernobyl ainda tem efeitos sobre populações próximas ao acidente. Ativistas pedem reconhecimento dos riscos e alertam para novo projeto nuclear

No dia 26 de abril de 1986, há 31 anos, aconteceu o pior acidente nuclear da história. No momento morreram 31 pessoas em Chernobyl, na Ucrânia, com o impacto da energia nuclear. Instantes depois, cerca de 135 mil pessoas foram evacuadas da região, e desde então, milhares de casos de mortes com transtornos genéticos estão relacionados com a radiação gerada pela explosão do reator. Os números indicam que 500 mil pessoas morreram por causa do acidente. Continuar lendo