Opiniões FUNIBER: conhecimento e ciência ao serviço da sociedade

Publicado em por
Opiniões FUNIBER: conhecimento e ciência ao serviço da sociedade

A Doutora María Luisa Sámano, Diretora de Projetos no Centro de Pesquisa e Tecnologia Industrial de Cantábria (CITICAN) e professora da Universidad Europea del Atlántico, explica a importância dos projetos de pesquisa como contribuição para resolver problemas que a sociedade enfrenta

Atualmente, a sociedade enfrenta problemáticas relacionadas com a saúde de adolescentes, e segundo a Organização Mundial da Saúde, os jovens de 10 a 19 anos representam um foco importante de risco, embora a maioria goze de boa saúde, a mortalidade e a morbilidade seguem sendo elevadas. Isto se deve a problemas referentes a:

  • Gravidez e partos precoces.
  • HIV.
  • Saúde mental.
  • Álcool e drogas.
  • Atividade física e nutrição.

Fomentar iniciativas que ajudem a resolver estes problemas poderiam ser interessantes projetos de pesquisa. Segundo a Dra. Sámano, “a área de saúde começa a ser prioritária, sempre o foi, mas agora os projetos de pesquisa estão sendo focados em âmbitos de prevenção, não apenas para combater uma doença, mas para prevenir que apareçam na sociedade, relacionado com os hábitos de vida que temos”.

Esta poderia ser uma via para procurar soluções referentes à melhoria de políticas e serviços de saúde, assim como à gestão de serviços de saúde para jovens, idosos, crianças, etc.

Desta maneira, a FUNIBER convida os profissionais da saúde, meio ambiente e gestores de projetos em geral a cursar os mestrados de Projetos para realizar pesquisas que lhes permitam resolver problemáticas de seus países ou regiões. “Busca-se capacitar pessoas de um país em outro país, de tal forma que se possa voltar para seu lugar de origem com os conhecimentos adquiridos e solucionar problemas nesse lugar de origem.” enfatiza María Luisa Sámano, professora da Universidad Europea del Atlántico.

Além disso, menciona que a concessão de bolsas de estudo segue um processo exaustivo que inclui critérios padronizados como excelência acadêmica, experiência profissional e qualidade e quantidade de publicações científicas, mas “muitas vezes, as bolsas também estão relacionadas ao tipo de problema que se deseja abordar no projeto de pesquisa” sintetiza.

Para ver a entrevista completa: